Na mídia – 6 sinais de que a entrevista de emprego vai mal

 

Saiba quais os indícios de que o recrutador não está gostando das suas respostas na entrevista e aprenda como reverter a situação.

Sentado em frente ao recrutador, o entrevistado é o centro das atenções enquanto tenta destacar suas habilidades e a trajetória da carreira em um espaço limitado de tempo. “Um bom recrutador deve reconhecer a situação fora do comum na hora de avaliar o candidato”, tranquiliza Veronica Rodrigues, especialista em coaching da VR Consulting. Mesmo assim, alguns sinais emitidos pelo headhunter podem indicar se a entrevista de emprego está indo por água

1. O entrevistador não descruza os braços

“Cruzar os braços demonstra fechamento a novas ideias, pode ser um sinal de que a conversa não está indo bem”, explica Daniel Cunha, diretor da Michael Page. A consultora Tonya Reiman, no livro “A Arte da Persuasão” (Editora Lua de Papel ) vai além: braços cruzados é um sinal para “saia do meu espaço”.

Isso não significa, no entanto, que tudo está perdido. Para a especialista em coaching da Projeto RH, Eliane Figueiredo, os sinais dão um quadro geral e devem ser observados de acordo com o contexto. “Se o recrutador cruza os braços, pode ser apenas que é uma posição confortável. O candidato pode ficar atento para perceber se isso é causado pelo rumo das respostas e ver a necessidade de mudar a postura”, diz.

2. O entrevistador interrompe muito durante a resposta

O candidato deve prestar atenção se não consegue terminar o que está falando porque o entrevistador o interrompe a todo momento. “Um volume muito grande de interrupções indica que entrevistado e recrutador não estão na mesma frequência. Isso ocorre quando o candidato é prolixo e se perde nas respostas”, afirma Cunha.

Para Veronica, o candidato tem que encontrar uma nova forma de se posicionar caso perceba que a sua postura na entrevista não está agradando. “É importante flexibilizar e estar sensível ao que o entrevistador pede. Se percebe que está falando demais, deve tentar ser mais objetivo nas próximas respostas, por exemplo”, diz a especialista.

3. O entrevistador insiste várias vezes na mesma pergunta

Ao contrário do tópico anterior, o problema pode se concentrar também nas situações em que o candidato fala pouco e não responde o que o recrutador queria. “Algumas vezes a entrevista é ’saca-rolha’, ou seja, o entrevistador insiste para que o candidato fale mais e tenta retirar dele a informação desejada”, explica Eliane.

4. O entrevistador tem pouca expressão ou não sorri

A entrevista de emprego exige interação entre as duas partes que estão sentadas frente a frente. Para Cunha, o entrevistador não comentar o que o candidato diz ou não interagir com algo perguntado pode significar que a conversa não está agradando. “Se o candidato sorri e não recebe resposta semelhante, ele deve perceber que a abordagem não está correta”, explica.

“Não há uma fórmula precisa, mas ouvir atentamente e buscar formas de interagir com o entrevistador para ir na direção correta é sempre a melhor alternativa”, afirma Veronica.

5. O entrevistador bate os pés ou se mexe muito

De um lado, está o entrevistado tentando conter a ansiedade e demonstrar suas competências da melhor forma possível. De outro, está um entrevistador agitado mais do que o normal. Como aponta Veronica, o recrutador sabe que a pessoa à sua frente está fora do seu ambiente de conforto. No entanto, ele pode emitir, sem desejar, sinais de que está ansioso ou impaciente.

O gesto de tamborilar os dedos quer dizer que a pessoa está no controle e os tornozelos cruzados aponta que a pessoa não concorda com você, segundo o livro “A Arte da Persuasão”. Ficar atento para evitar respostas prolixas ou falar algo indesejado (como criticar a empresa onde travalhava ou dar informações confidenciais do antigo trabalho) é a melhor aposta.

6. O entrevistador usa “aham” e”hum” em demasia

Assim como o candidato deve evitar as respostas monossilábicas porque dá a impressão de que ele não tem o que falar, o uso de expressões como “aham”, “ɔ e “hum” pelo recrutador significa que ele não está interagindo com o entrevistado.

Veronica sugere que o candidato sempre tenha em mente que deve ouvir o entrevistador para responder corretamente e mostrar suas competências profissionais da melhor forma. “O candidato deve saber ouvir, para saber quando, o quê e como falar e assim atingir o melhor resultado”, diz.

Fonte: Portal Exame

Na mídia – Best Seller ensina sedução as mulheres

Sucesso estrondoso na França, onde teve mais de 500 mil exemplares vendidos, está chegando no Brasil o best-seller Expert em Sedução — Hitch Girl, assinado pela francesa La Baronne.

Numa edição da Lua de Papel (228 páginas, R$ 26,90), o livro se propõe a dar dicas “de uma especialista em sedução” para que as mulheres aprendam a identificar o homem ideal — e a conquistá-lo.

Com base na experiência do trabalho em consultório, a autora aborda desde como se livrar das decepções até como evitar homens que mentem sobre seus reais interesses.

Muitas dicas, é claro, são do conhecimento geral, mas La Baronne explica como extrair o máximo desses segredos, como coordená-los de modo a atrair o sexo oposto e deixá-lo a um passo de fazer o que você quer.

Em outras palavras, a autora propõe à mulher utilizar as mesmas armas de sedução masculinas, assumindo uma postura ativa e tornando-se uma hitch girl, ou seja, uma mulher decidida e poderosa, que luta pelo que quer.

É conferir para ver se dá certo.

Fonte: Palavra Escrita

Resultado da Promoção Clássicos Fantásticos

Existe um jeito complexo de responder a esta pergunta. Um jeito com palavras difíceis, definições de dicionário, no grego, latim e etc. Páginas e páginas de explicação. Esse não vai ser o jeito desse email. Em vez disso, vou usar 10 letrinhas.

F A N T A S T I C O.

Fortes personagens, que logo fazem com que o leitor queira mais da história.Amizades divertidas, com risadas, mas acima de tudo, lealdade.

Novas maneiras de usar a linguagem para prender o leitor. Trocadilhos de palavras, piadas, e até mesmo símbolos e desenhos deixam um livro muito mais interessante.

Twists no enredo. Coisas que ninguém esperava, ACONTECE. Mas cuidado pra não cair em contradição…

Amor. Sim, todo mundo gosta de romance, tá legal?

Sabedoria. Todo livro tem que ter aquele Gandalf que solta um mensagem de vida super codificada e que só faz sentido no fim da história.

Trabalho duro. Não adianta só espirrar o livro e entregar pra editora distribuir. Coerência, gramática, repetições… tudo isso conta.

Ideias novas. Clichés são aceitos até um certo ponto, mas ninguém gosta de descobrir o fim do livro logo na terceira página. Livros óbvios não são bons, devem ter novos elementos que ainda não foram inventados ou vistos ou explorados.

Clareza. A pior coisa é terminar um livro sem entender bulhufas do que aconteceu.

Ordem. Um livro não é a mesma coisa de contar um causo numa fila de banco. Devem haver fatos concretos e organização no que está sendo contado.Esse são os elementos mais importantes de um livro FANTÁSTICO. É claro que a fantasia tem um grande papel nisso tudo, mas é importante apontar que só porque o livro tem dragões e elfos e cavaleiros não significa que ele seja, de fato, Fantástico.

Parabéns Dayse  Dantas, por este ótimo texto. Espero que se divirta com os nossos Clássicos Fantásticos. Entre em contato com a gente pelo leyabrasil@gmail.com com o seu endereço para podermos lhe enviar os livros.

Agradecemos também aos nossos seguidores que tiveram ideias geniais sobre esta promoção!

Vocês são demais!

Na mídia – Alimentação inspirada em costumes saudáveis

Para quem não dispensa a leitura sobre o assunto e gosta de experimentar programas alimentares para perder peso, o livro Dieta dos países magros de Harley Pasternak e Laura Moser; é uma boa pedida. O lançamento da Lua de Papel – uma das editoras da LeYa Brasil – proporciona uma viagem pela culinária e cultura de diferentes povos em busca de saúde e qualidade de vida.
Para eleger os dez países mais sadios do planeta, o autor cruzou índices e estatísticas como a porcentagem de pessoas com sobrepeso ou obesa numa população e a expectativa de vida. Entre os considerados magros estão Japão, Cingapura, China, Suécia, França, Itália, Espanha, Coréia do Sul, Israel e Grécia.
Pasternak utilizou da experiência pessoal para elaborar sua dieta. Ele buscou desde a vivência em sua cidade natal, Toronto (que tem a diversidade étnica que o influenciou), até a formação acadêmica, que envolveu estudos sobre nutrição e dinâmica dos movimentos.
Responsável pela preparação física de artistas como Lady Gaga, Megan, Hilary Duff,  Fox Robert Downey Jr., Brendan Fraser, Robert Pattinson, Miley Cyrus, John Mayer e Kanye West, o autor acompanhou os astros em locações e turnês internacionais e adaptou seu método aos recursos disponíveis, absorvendo os aspectos mais positivos do estilo de vida e cultura locais.
Completo
Fugindo das fórmulas que elegem uma alimentação única e restrita para assegurar a boa forma, Pasternak analisou as possibilidades de vida saudável em todo o mundo. A abordagem ampla vai além do prato e investiga o modo como a comida é feita, servida e “queimada” em atividades físicas. Desta forma, a “A dieta dos países magros” leva o leitor da Grécia a Israel, da Espanha a Cingapura, apresentando os principais ingredientes dessas cozinhas: se assam, fritam ou salteiam as carnes; evidencia ainda quanto tempo dedicam às refeições e como combinam os alimentos.
Pasternak exibe cinco fatores no programa criado por ele. Ele aponta cinco refeições diárias, número cientificamente comprovado como o ideal para a manutenção de um metabolismo equilibrado. “Ensino como combinar os elementos mais saudáveis das dez melhores cozinhas do mundo de uma forma saborosa, variada e nutritiva”, garante o autor, que apresenta também receitas agrupadas pelos países de origem e sugestões de cardápios semanais.

Miguel Falabella assina contrato com o Grupo LeYa Brasil

O ator, diretor e cronista acaba de assinar contrato para publicar, ainda no primeiro semestre, a seleção de seus principais textos – veiculados em jornais e revistas nos últimos 10 anos. Ainda sem título, o livro sairá em abril pelo selo Lua de Papel e Miguel deve fazer uma série de lançamentos por todo o Brasil, na esteira de sua turnê com o musical A Gaiola das Loucas, onde divide o palco com Diogo Vilela. Vale a pena esperar este lançamento!

O livro já é novidades nos principais jornais e revistas do país. Dê uma conferida:

Revista Isto é – Gente

O ator, diretor e cronista assinou contrato com editora para publicar seus textos e crônicas veiculados nos últimos 10 anos

/
Revista Quem

Ainda sem título, publicação reunirá seleção com principais textos do autor
.AgNews

Miguel Falabella deve publicar, ainda no primeiro semestre deste ano, a seleção de seus principais textos, veiculados em jornais e revistas na última década.

Ainda sem título, o livro tem previsão de lançamento para o mês de abril pelo selo Lua de Papel , informou a editora.

Miguel deve fazer uma série de lançamentos por todo o Brasil, na esteira de sua turnê com o musical “A Gaiola das Loucas”, em que divide o palco com Diogo Vilela. Atualmente, a peça está em cartaz no Teatro Bradesco, em São Paulo.

Jornal da Folha

(18/03/2010) Pauta: Miguel Falabella e elenco na coletiva da nova série da TV Globo A Vida Alheia | titulo: CININHA E MIGUEL FALABELLA (foto: Thyago Andrade e Tony Andrade)

Miguel Falabella assinou contrato com editora LeYa

A editora LeYa Brasil acaba de informar que assinou contrato com Miguel Falabella.

O acordo prevê a publicação de uma coletânea de seus principais textos, escritos em jornais e revistas nos últimos dez anos.

Sem título, o livro deve sair ainda neste semestre, pelo selo Lua de Papel . O ator, escritor, diretor e cronista deverá participar de uma série de lançamentos por todo o Brasil.

Revista Veja

O ator e autor global Miguel Falabella (620)
Miguel Falabella é autor de livros como Querido Mundo, que reúne peças teatrais suas(Divulgação)

O ator, diretor e cronista Miguel Falabella assinou contrato com a editora Leya Brasil para lançar uma coletânea de seus textos escritos para jornais e revistas nos últimos dez anos.
Ainda sem título, o livro está previsto para abril deste ano pelo selo Lua de Papel e Miguel já planeja uma intensa agenda de lançamentos pelo Brasil, seguindo a agenda da turnê de sua peça Gaiola das Loucas, em que atua com o ator Diogo Vilela.
Miguel já lançou outros três livros: Pequenas Alegrias, reunião de crônicas do autor – disponível em versão digital em seu site – Querido Mundo, reunião de peças, e Autores – Histórias da Teledramaturgia, do qual faz parte com Maria Adelaide Amaral, Manoel Carlos e Silvio de Abreu, entre outros dramaturgos da televisão brasileira.

Opinião do leitor – Diário das Garotas Fantásticas e dos Garotos Espertos

O nosso leitor Hítalo Rodrigues ganhou pelo twitter os livros Diário das Garotas Fantásticas e Diário dos Garotos Espertos.  Gentilmente, ele nos mandou um email contando o que achou da leitura. E não podíamos deixar de mostrar para vocês:

Diário das Garotas FantásticasDiário dos Garotos Espertos são dois livro infanto-juvenis que li hoje.

Ambos lançados este ano pela Lua de Papel. Assim que vi o livro pensei que se tratava de histórias de pré-adolescentes. O livro é, como diz na capa, um guia de sobrevivência. Um verdadeiro guia, aliás. Eu até arriscaria dizer que é um bom manual para orientar e até educar essa pequena geração.

Não vou estipular uma idade para a leitura do livro. É uma leitura infantil sim, mas também tem outras coisas que uma criança sozinha não é capaz de fazer, tanto que o livro sempre recomenda a presença de um adulto em algumas situações.

Ele fala de coisas simples (o que não quer dizer que não seja importante) como escovar os dentes, até coisas mais ‘complicadas’ – até para adultos – como falar em público.

Apesar de ter capas quase idênticas e variar em só um detalhe no título do livro, eles são escritos por autores diferentes.

Ambos os livros tem a mesma diagramação e mesmos tópicos. São poucas as dicas oferecidas que se diferenciam.

Meninas: PREPARE-SE… CONCENTRE-SE… E ARRASE!

Meninos: PREPARE-SE… CONCENTRE-SE… E DETONE!

De todas as habilidades que você pode aprender, temos as  Imprescindíveis para o dia a diaMestre-cucaFaça você mesmoHabilidades legaisQuebra-galho em casaPronto para emergências:

-Ter dentes brilhantes

- Lavar as mãos

# Fica esperta!

Uma lavagem de mão bem higiênica deve durar pelo menos 20 segundos – isso é mais ou menos  o tempo que se leva para cantar a música “Parabéns a você’”. Experimente cantar a música enquanto segue os passos.

*Minha dica: Não deixe a torneira aberta durante este processo! =)

-Colocar os cadarços e amarrá-los

-Acabar com o chulé

# Habilidade 9: Chulé realmente gostoso

Da próxima vez que você chupar uma laranja, guarde a casca.

Coloque a casca da laranja dentro do tênis e deixe-a lá por toda a noite.

Jogue a casca fora na manhã seguinte e surpreenda-se com seu tênis fresco e gostoso – sabor laranja!

-Dar nó em gravata borboleta (ensinou passo a passo e eu ainda não entendi… =/)

-Preparar panquecas

-Cozinhar um maravilhoso espaguete

-Fazer um bolo macio

-Fazer um chá perfeito

-Apertar um parafuso

-Pregar um botão

-Consertar pneu furado da bicicleta

-Montar uma barraca

-Fazer um nó. (Ta, o nó de marinheiro é super fácil, mas me enrolei – literalmente falando – ao fazer “a volta do fiel”)

-Tirar um anel que está preso

-Arrumar a mala

-Encarar uma platéia

-Medir a pulsação

-Preparar-se para uma prova

Etc.

Temos 86 habilidades que a criança pode adquirir. É um livro bastante educativo e sim, aconselho as pessoas que tem filhos ou irmãos mais novos a comprarem… Ou até mesmo um adulto… Ué! Teve gente que não aprendeu tudo, né!?

#Fica a dica  =)

Leitor – Hítalo Rodrigues

Emily Bronte vence Shakespeare em disputa de fala mais romântica

Agência de Notícias Reuters publicou nesta quinta-feira, dia 10 de fevereiro, uma notícia interessante!

Os britânicos escolheram uma frase do romance “O Morro dos Ventos Uivantes”, de Emily Bronte, como sendo a mais romântica da literatura inglesa.
Uma pesquisa conduzida com 2.000 adultos, encomendada pela Warner Home Video para acompanhar o lançamento em DVD da comédia romântica “Com o Pé na Estrada”, mostrou que 20 por cento dos entrevistados escolheram a frase:

“Seja do que for que nossas almas são feitas, a dele e a minha são iguais”.

A declaração feita pela personagem Catherine Earnshaw sobre o amor que sentia por Heathcliff ficou à frente na pesquisa de uma frase de Winnie Puff, o ursinho criado pelo escritor inglês A.A. Milne: “Se você viver até os 100 anos, espero viver até ter 100 anos menos um dia, para que eu nunca precise viver sem você”.

O dramaturgo mais famoso da Inglaterra, William Shakespeare, foi o terceiro colocado, com um verso de sua peça “Romeu e Julieta”: “Mas, espere! Que luz é essa que surge por aquela janela? É o leste, e Julieta é o sol”.

E vc, já leu este clássico da literatura inglesa? Não?!? Corre, então! Porque, além de tudo, este é o romance favorito e Bella Swan e Eward Cullen, o casal da Saga Crepúsculo. Aliás, a Editora Lua de Papel,  lançou uma edição belíssima!

Fonte: No mundo editorial

Mercado – Mais de 29 milhões de pessoas em sites de e-commerce

58,7% dos internautas entraram nos sites das lojas de varejo em dezembro

E o e-commerce anda a mil. Segundo o IBOPE Nielson Online, em dezembro de 2010, mais de 29 milhões de pessoas chegaram aos sites de venda on-line, recorde histórico. Desse número, navegaram em sites de lojas de varejo 25,4 milhões de usuários únicos, ou 52,1% do total de internautas ativos do mês de dezembro. A subcategoria Cupons e Recompensas, em que se classificam sites de clubes de compras, de milhas, de cupons e de descontos e compras coletivas, também continuou crescendo e chegou a 15,1 milhões de pessoas.

Fonte: PublishNews

Na mídia – Nutricionista explica dieta dos “países magros”

No recém-lançado no Brasil “Dieta dos Países Magros” (ed. Lua de Papel), o nutricionista canadense Harley Pasternak usou dados da OMS para fazer uma lista, que inclui Japão, Israel, França e até Itália. O estudo dos hábitos alimentares e de vida desses países resultou em uma dieta que, segundo o autor, pode ser aplicada em qualquer lugar. Leia trechos de sua entrevista à Folha.

Folha – O que os países “magros” têm em comum?

JHarley Pasternak - Eles mantêm costumes que ajudam a colocar a comida na perspectiva certa: fazem refeições demoradas e estruturadas, têm prazer na comida, comem tudo com moderação, buscam o equilíbrio de sabores e fazem exercícios.

Há alguma comida específica que ajude a ficar magro?
Você não pode julgar a saúde de uma nação baseado apenas no que as pessoas comem. Precisa ver como eles vivem e se movimentam. Os japoneses vão a todos os lugares a pé. O francês só compra comida quando ela acaba, não estoca alimentos.

Como os italianos, com sua paixão por macarrão, entraram na lista dos magros?
A dieta italiana é rica em frutas, vegetais, grãos e proteínas magras. Eles amam macarrão, mas nunca o comem como prato principal.

Veja mais novidades no livro Dieta dos Países Magros,  lançamento deste mês da Lua de Papel.

Fonte: Folha de São Paulo

12 meses para enriquecer em Salvador – Sucesso!

A Editora Lua de Papel gostaria de compartilhar com vocês o sucesso dos  eventos  que realizamos dia 27 e 28 de janeiro na Saraiva do  Shopping Iguatemi Salvador.  De todos os eventos que realizamos com o Marcos Silvestre este foi o que tivemos a maior presença de nossos leitores.

A palestra foi um sucesso de público, o auditório ficou lotado e pessoas ficaram em pé e do lado de fora e o café organizado pela Band News não foi diferente. Todo mundo estava presente no bate papo com o autor.

Estes eventos apenas reforçaram a força, importância e potencialidade deste livro e com leitores e parceiros  como vocês apostando conosco, ainda levaremos este livro  mais alto.

Posts (RSS) | Comentários (RSS)